Sonhei que você sonhava comigo.
                                                                                           Ou foi ao contrário?
                                                                              Seja como for, pouco importa:
                                                          Não me desperte, por favor, não te desperto.
                                                                              (Caio F. de Abreu) 

Hoje acordei com uma vontade que me consumiu a noite inteira, senti vontade de fugir, abrir os portões de madrugada e ir pra perto de você. Não sei por que, mas de uns dias pra cá eu sinto uma necessidade de ti, que achei que nunca iria sentir. Juro que achei que fosse apenas mais um amor passageiro, se é que posso chamar aquilo de amor, mais hoje confesso e confirmo que é amor mesmo. Mas este me deixou egoísta, quero você só pra mim, dentro do meu campo de vista e não gosto de qualquer toque que não venha da minha pele.

Foi um pequeno momento, que hoje quero que se repita todos os dias, a todo instante. Quero dormir todos os dias ao teu lado, andar de mãos dados na beira da praia e sentir teu abraço ao acordar. Mas como não é possível, guardo cada sorriso seu e cada olhar pra me confortar ao nascer e ao esconder do sol. Sugo tudo de você e guardo ao meu lado, para que sempre que bater a tal saudade eu me encha de você.

Sei que talvez não pareça te amar tanto, mais é como se existisse uma barreira que não me deixa demonstrar. Mas se chegares a ler o que estou escrevendo saiba que eu te amo, e gostaria de acreditar que você também me ama e que todas as vezes que me disse estas três palavras foram verdadeiras. Estou tentando mudar, eu prometo esse meu estranho jeito de amar.

2 comentários:

@juusep disse...

Uma hora as coisas acalmam, já me senti EXATAMENTE assim.

@yasmin_vizeu disse...

Eu sei do que você fala, acredite :)
mas espero que essas situação melhore para nós duas (yn)

:*

Postar um comentário