e agora?

0 comentários
"Não, eu nunca imaginaria isso. Não imaginaria que algum dia eu pudesse conhecer uma pessoa e a partir daí a minha vida mudaria totalmente. Mas ela mudou. E mudou para melhor. Você não pensa em mim na mesma intensidade em que eu penso em você, não mesmo. E ter você na minha vida foi a melhor coisa que poderia acontecer, literalmente. Eu queria estar ao seu lado agora, mais que tudo. Mas já que não estou, eu fico aqui desejando o seu bem. O seu sorriso, a sua felicidade. Porque isso é a única coisa que importa agora."

cryandlive                                                                                           Bianca Vaz.

fazia..

0 comentários

Foi difícil chegar a onde estou agora e conseguir trazer meu coração junto ainda batendo. Meu medo sempre era a noite, dormir pra mim se tornou um desafio todos os dias. Com a cabeça no travesseiro o meu corpo era o único que permanecia intacto.
Pude reconhecer como é importante vencer os obstáculos, e como nada é impossível. Ontem me vi sem chão e até então você fazia parte de tudo que fazia sentido pra mim. 
                                                                               Bianca Vaz. 


15 ...

1 comentários


Falar de inimigos é fácil, falar de alguem que não te completa é literalmente simples, voce fala tudo aquilo que pensa sem medir as conseqüências . É assim vai falando, colocando defeitos e quer a pessoa o quanto mais longe de voce.
Mas  falar de amigos é algo embaraçoso é como amor de mãe simplesmente sem explicação.E como falar de anjos sabemos que existem porém como descreve-los?
Acreditamos naquilo que sentimos pois nada é comprovado.
Eu acredito em tudo isso, e vou te contar o porque. Vou primeiramente te contar o porque acredito nos anjos, e com isso irei contar a nossa historia.
Há 5 anos atras andava como uma criança qualquer, criança sim ; porque não?
Encontrei uma outra criança nesse meu caminho. Enfim fomos aos poucos nos aproximando , eramos tímidas e com poucas palavras, fomos ganhando aos poucos novos rumos, a amizade foi crescendo e ganhando feição de eterno, porém como dizem - nada dura muito! Eu não concordo, tirei como parâmetro isso a nossa amizade , mesmo quando nos distanciamos, senti muita sua falta , falta das suas bobeiras, companhia .Mas creio eu, que isso só aconteceu para aproximar ainda mais nos duas. Tudo que passamos serviu para chegarmos a onde estamos hoje;
Nada de maternidade ou ligação sanguínea. Nada de mesma cor de cabelo, olhos, estilo, peso e altura. Nada de mesmo gostos; vez e outra, mesmo signo, mesmo endereço percebi que os atos de cada um são o que fazem de nós pessoas únicas, e eu amo as pessoas justamente por não serem iguais a mim; aceito seus modos e formas assim como aprendi a me aceitar, e respeitar. Além de que, meus anjos são capazes de coisas que eu até hoje não consegui fazer, e eu admiro muito isso neles,
Agradeço pelo colo, pelo abraço, pelas palavras que não eram sábias, e sim, de conforto. Obrigada por me ouvir, todas as besteiras, dramas em excesso, piadas bobas, assuntos fúteis, preocupações. Obrigada por me limitar, dizer não, converter meu não em um sim, me mostrar outros caminhos, soluções. Obrigada pela confiança, cumplicidade e parceria em crimes inocentes ,sempre que acontece algo, eu quero sair correndo e te contar, ouvir sua opinião.
E com essa amizade verdadeira descobri além de tudo que papel de mãe, em partes também é empregado por amiga, amiga verdadeira não é aquela que passa a mão na sua cabeça, ou que te faz rir tempo todo, amizade verdadeira é aquela que tem seus altos e baixos, amiga verdadeira diz não quando é necessário, e sim quando é preciso , amiga mãe é aquela que quer ver uma coisa só, a felicidade da outra.
Então hoje estou aqui falando que muitas vezes reconheço sou insuportável , as vezes vou contra suas certas “ alegrias” , porém sou assim, e quero te guiar e te auxiliar com palavras muitas vezes não tão doces, mais sim em um tom de ajuda.
Pois sabe porque disso? Porque não aguento ve-la sofrendo, ou indo para um caminho errado e não falar nada. ENTÃO, ( me desculpa, mas não mudo não )
Hoje meu baby completa 15 anos , nossa sooa na boca de maneira delicada , tem idade mais feminina que essa? Acho que não.
15 anos é uma idade doce , a menina começa entrar em um novo mundo começa analisar a situação de uma maneira diferente , o que te fazia sofrer, hoje já não faz sentido, voce não ira rir mais das mesmas coisas, ira querer buscar novos horizontes e novos amores, quando chegar naquilo que desejou , ira querer mais e ainda mais, é uma busca inacabada, ira cair muitas vezes nesse seu caminho porém voce tera uma pessoa ao seu lado que ira de acolher ,  um amigo.
Deus mandou os amigos para isso mesmo, estender a mão, e oferecer carinho nas horas mais difíceis.
E Voce tem uma amiga que ira fazer tudo isso, eu estarei sempre do seu lado, mesmo não estando muito presente as vezes, me desculpa por essa ausência , e sei que voce me entende e sabe o que estou passando.
Mas quero deixar bem claro, ( transparente) se for possível kkkk, que nada mudou, eu vou estar aqui sempre que voce precisar.
Nossa passou um filme na minha cabeça agora de tudo que passamos juntas, enfim…
Então desejo a voce, do fundo do meu coração tudo de melhor na sua vida, desejo o infinito, desejo experiência, acontecimento , desejo sorisso, sabedoria, sucesso, conquista, aprendizado, ensinamento , desejo uma vida cheia de acontecimentos.
Hoje, descobri que os anjos não são apenas loiros de olhos claros eles também podem ser morenos, ou morenas e terem também cabelos lisos, além do mais tenho uma.
Ela se chama Bianca Ribeiro Vaz.

Ana souza.

0 comentários


Olá futura eu. E então, como estamos? Será que a gente tomou as decisões certas? Será que não cansamos de perseguir nossos sonhos? A gente ainda se emociona com as mesmas coisas? Ainda gosta das mesmas coisas? Me pergunto se a gente ainda comete os mesmos erros. Ficamos ricas? Encontramos a cura pro tédio? Aprendemos a perdoar? Será que a gente tem coisas interessantes para dizer? A gente continua recebendo elogios? Será que chegamos lá? E se chegamos, o lá continua lá? Mas, o mais importante… estamos felizes? Se eu nos conheço bem, devemos estar. Onde quer que você chegue, chegue linda.A vida é bonita, mas, pode ser linda.


O BOTICÁRIO
                                           Ana Souza .

0 comentários

Toda a minha saudade, e o meu amor de sempre. (Caio F. Abreu)


                                             Karol Ribeiro ;*

E quando se ama ;

1 comentários
Meu querido,
Tem coisas que acontecem e não tem explicação e realmente eu não sei pra que explicar , é algo  tão forte e maravilhoso que só nos resta viver, assim sem você eu sou exatamente nada, porque você me completa e me protege sempre, lembro quando te jurei nunca te deixar e sei exatamente o motivo pelo qual fiz isso, porque hoje posso te dizer com todas as letras, eu não sei viver sem você! Sempre em toda minha vida, nunca pensei que encontraia alguem como você, mais veio você, o melhor presente de todos e me ensinou que viver é mais do que dia a dia se passando e fez de cada momento os mais perfeitos que podiam ter nessa minha vida loca e eu so tenho a te agradecer pois sem você eu não seria metade do que sou, eu não me encontraria no meio de tanta confusão, eu me perderia, eu perderia quem eu realmente sou, e com você sinto que posso ser cada vez melhor, e isso tudo é por que eu te amo demais !
Queria te falar que eu te amo cada vez mais, eu sinto isso, na pele, no rosto, na mão, em cada parte do meu corpo, assim te amo correndo perigo de estar em você, não quero ajuda de ninguém, quero me afogar nesse amor, afundar em desejos e sufocar te de carinho, simplesmente porque quero acordar e ver sempre o seu sorriso a me iluminar, porque você apareceu na minha vida, e a Deus, nada é por acaso.


                                                   Carol Rodrigues .
[texto para Deyvid Leles Vieira Silva.]

1 comentários


Quanta insegurança, quantas incertezas, quantos caminhos a se seguir. Me perdi, diante de tantas dúvidas, me perdi tentando encontrar o amor. E depois de algum tempo achei que havia o encontrado, ou se cheguei a amar, o reencontrado. Não, estava errada, ou estou errada? No meu peito, uma dor, um sufoco que teima em incomodar de vezenquando, tentando me acordar pra realidade de que está desgastado. Talvez tivesse começado já um pouco desgastado ou sendo empurrado com a barriga. Mas e se decidirmos continuar mesmo assim? Ser infelizes para sermos felizes, simplesmente por não estarmos separados?

Escrevi diversas vezes sobre você, sobre o amor que eu sentia, mas onde foi parar esse amor? Será que ele continua aqui, ou tenha voltado ao passado?  Esse tal passado que me assombra e não me permite ser feliz se não for na companhia dele.

Vou considerar isso como um “eu ainda te amo” / “estou tentando continuar a te amar”, por passar tanto tempo tentando que isso dê certo, dando o melhor de mim. Sei que você também sabe do desgaste, mas preço que tente consertá-lo junto comigo.

Tenho medo da mudança, que você suma completamente da minha vida. Pois uma vez, ao dar essa mudança me disseram que iríamos continuar a sermos amigos, mas hoje não somos nada, nem um “oi” e não quero que seja assim com você. Não precisa ser assim.
Pois como diz Chico Buarque: “E pela minha lei a gente era obrigado a ser feliz.”
Pois é,deveríamos estar felizes.

                                                                              Karol Ribeiro ;*

0 comentários

“Que seja doce o dia quando eu abrir as janelas e me lembrar de você.
Que sejam doces os finais de tardes, inclusive os de segunda-feira - quando começa a contagem regressiva para o final de semana chegar.
Que seja doce a espera pelas mensagens, ligações e e-mails bonitinhos.
Que seja (mais do que) doce a voz ao falar no telefone.
Que seja doce o seu cheiro.
Que seja doce o seu jeito, seus olhares, seu receio.
Que seja doce o seu modo de andar, de sentir, de demonstrar afeto.
Que sejam doces suas expressões faciais, até o levantar de sobrancelha.
Que seja doce a leveza que eu sentirei ao seu lado.
Que seja doce a ausência do meu medo.
Que seja doce o seu abraço.
Que seja doce o modo como você irá segurar na minha mão.



 Caio Fernando Abreu
                                     Ana Souza ;*

e tardes..

2 comentários

Depois daquelas sinceras e penetrantes tardes de domingo, tudo que escrevo é sobre você. Outras almas ja encostaram na minha mas meu coração insiste em recusa-las, nenhuma delas teve um encaixe tão perfeito quanto a sua. Depois de você, os outros foram os outros e só. Podem dizer que somos irmãos, você pode me chamar assim e me cumprimentar com um beijo na testa, mas atrás das portas do seu coração tenho certeza que você sabe o quanto me dói conviver com isso. Os anos vão se passar e nós vamos crescer, não sei se ainda vou conseguir abrir os olhos pra saber quantas vinte e quatro horas a mais essa borboleta vai voar em meus pensamentos. Porque cada vez com mais intensidade ela bate suas asas. E dói, muito.


                                                                            Bianca Vaz ;*

0 comentários


O romance nos desafia a convicção, por vezes tira a paciência, e pode até nos subtrair alguns anos da vida, mas quando é que alguém, por um segundo que fosse, cogitou – a sério – viver sem ele? Nossas aspirações vão, cada vez mais, aproximando-se da realidade; a gente passa a prometer menos, mentir menos, e chega até a achar que, dessa vez, erraremos menos, por julgarmos saber onde escondem-se todas as bombas desse campo minado. Nem preciso lembrar que a única certeza no romance é a de se estar eternamente em apuros, saracoteando as pernas para não se deixar afundar totalmente no obscuro e indecifrável oceano que é a vida daquela pessoa com a qual estamos de mãos dadas.

Em apuros pois é perigoso. É perigoso porque a gente arrisca. E a gente arrisca porque quer. Ninguém nos obriga a viver o amor, mas a gente ama vivê-lo. Ninguém nos obriga a sentir as mesmas dores de novo, mas a gente se quebra em mil pedaços para sentir o prazer na cura. A gente acha que pode viver sem, mas as palavras soluçadas no fim de uma noite ébria evidenciam o que, para todos ao nosso redor, já era óbvio: estamos fodidos.

Em apuros não estou só eu, estamos todos nós, meus caros. Romance é o que se persegue pelas esquinas, que foge à luz dos postes, e ele está bem. Em perigo estamos nós, nesse apuro que reside na nossa urgência em vivê-lo. Vivê-lo, mesmo que torto, inacabado, ferido, precipitado, errado, proibido, ou impossível. Vivê-lo de verdade, com intensidade e sem escudos. Como deve ser, e como inevitavelmente é, quando nosso coração nos dá aquela única e inevitável rasteira que nos faz quicar no chão.

Viver o romance é estar em apuros.

Estou vivendo, e não quero ser salvo.


                                                                         Karol Ribeiro ;*

Em falta com as palavras;

2 comentários


Acho que estou vivendo mais e escrevendo menos. Tento encontrar palavras para expressar a explosão de sentimentos que ando sentindo e nenhuma me serve. Então diversas vezes me pego diante do papel sem nada, sem nenhuma palavra e lá abando ele em branco. Mas confesso-lhes que isso me faz falta, estou acumulando sentimentos demais pra uma pessoa. Preciso desabafar, preciso escrever. Já não sei mais o que está acontecendo, minha capacidade e meus minutos como escritora simplesmente evaporaram. Está virando um caos, ando rebelde, amorosa, confusa e brigona, tudo na mesma hora. Preciso me encontrar, preciso escrever, preciso da minha inspiração devolta.

                                                      Karol Ribeiro ;*