E quando se tem que esquecer ...

Esquecer você eu sei que não é nada fácil, mais ainda mais difícil foi percebe que já não dava mais pra ficar aqui esperando por você, você pode até me achar uma criança ou então me chamar de lunática, maluca, sonhadora, se for por eu querer desse mundo somente felicidade, sim eu sou isso tudo, porque o que eu busco do mundo é algo que possa me retribuir, eu quero do meu lado alguém que goste de mim e que me faça sorrir ao invés de chorar, eu quero alguém que me diga que eu estou errada de uma forma que eu veja meus erros e queira concertá-los, de uma forma que me agrada e não me agride; alguém que sonhe comigo e me ajude a conquistá-los, eu quero alguém que me ligue pedindo perdão depois de um único erro, eu quero alguém que se importe comigo e faça com que eu me importe com ele, que nos dias de frio me aqueça, eu não quero tanto assim, eu só quero amar e ser amado! Pode ser que um dia eu olhe pra trás me lembre das loucuras que um dia eu já fiz por você, sim eu sei que foram loucuras, porque o meu sentimento por você era o mais sincero que um dia eu já pude ter, era como se meu organismo estivesse embriagado e fizessem todas aquelas palavras voarem para fora de uma maneira espontânea, e sabe, eu tinha medo, só de pensar em te perder meus nervos se destacavam e eu não sabia o que fazer, era um sentimento tão grande que chegava a me dar náuseas. Não eu não estou desistindo, resolvendo seguir em frente porque eu já não gosto mais de você, mais sim porque eu aprendi a gostar mais de mim, a dar valor no que realmente é necessário, pode ser que daqui algum tempo, a gente volte a se encontrar e dessa vez sim de tudo certo pra mim e pra você, de tudo certo pra nós, porque até lá eu já não vou mais ver você de um modo infantil e medíocre como agora eu vejo e com isso a gente tenha outra chance de se amar, mais dessa vez eu não irei mais fazer loucuras por você, não mais. Hoje eu aprendi que devem se soltar as coisas no ar, libertar-se daquilo que nos aflige e que nos sufoca; hoje eu aprendi que o amor começa primeiro dentro da gente, descobri que não se deve desistir por não ter condições de lutar mais sim por saber até onde vão os seus limites.

                                                                                    Carol Rodrigues

2 comentários:

CaMila disse...

aaaaahhhhhh *---------* , muuuito lindo carool !
AMEEEI ! :D

. disse...

*-* brigada ;*

Postar um comentário